mesmo q mude

lulu
mill beijos

September 18, 2014 4:42 pm September 16, 2014 8:12 am
"Tenho trabalhado tanto, mas sempre penso em você. Mais de tardezinha que de manhã, mais naqueles dias que parecem poeira assenta e com mais força quando a noite avança. Não são pensamentos escuros, embora noturnos… Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você. Eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu. Mas se você tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido. Tinha terminado, então. Porque a gente, alguma coisa dentro da gente, sempre sabe exatamente quando termina. Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas. Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo. Mesmo que a gente se perca, não importa. Que tenha se transformado em passado antes de virar futuro. Mas que seja bom o que vier, para você, para mim. Te escrevo, enfim, me ocorre agora, porque nem você nem eu somos descartáveis. … E eu acho que é por isso que te escrevo, para cuidar de ti, para cuidar de mim – para não querer, violentamente não querer de maneira alguma ficar na sua memória, seu coração, sua cabeça, como uma sombra escura."

Caio Fernando de Abreu.   (via doistonsdeamor)

(Source: delator, via doistonsdeamor)

August 31, 2014 10:51 am May 19, 2014 7:46 pm 7:43 pm March 9, 2014 10:46 pm
"Minha esposa ficou doente. Ela estava constantemente nervosa por causa de problemas no trabalho, vida pessoal, suas falhas e seus filhos. Ela perdeu 30 quilos e ponderadas cerca de 90 quilos. Ela ficou muito magra e estava constantemente a chorar. Ela não era uma mulher feliz. Ela sofria de contínuas dores de cabeça, dor no coração e nervos atolados em suas costas e costelas. Ela não dormia bem, cochilava apenas no período da manhã e se cansava muito rapidamente durante o dia. Nosso relacionamento estava à beira de uma ruptura. Sua beleza foi deixada em algum lugar, ela teve as bolsas sob os olhos, ela não estava penteando seu cabelo, e parou de cuidar de si mesma. Ela se recusou a filmar os filmes e rejeitou qualquer papel. Eu perdi a esperança e pensei que nós íamos nos divorciar em breve… Mas então eu decidi agir. Depois de tudo, eu tenho a mulher mais linda do mundo. Ela é o ídolo de mais de metade dos homens e mulheres da terra, e eu era o único autorizado a dormir ao lado dela e abraçá-la. Eu comecei a regá-la com flores, beijos e elogios. Eu fiquei surpreendido e agradado a cada minuto. Eu dei-lhe um monte de presentes e vivia só para ela. Eu falei em público apenas sobre ela. Eu incorporei todos os temas em sua direção. Elogiei-la na frente de si própria e de nossos amigos em comum. Você não vai acreditar, mas ela floresceu. Ela tornou-se melhor. Ela ganhou peso, não estava mais nervosa e me amava mais do que nunca. Eu não tinha ideia de que ela podia amar tanto. E então eu percebi uma coisa: a mulher é o reflexo do seu homem. Se você a ama, a ponto de loucura, ela vai se tornar isso."

Brad Pitt.  (via doistonsdeamor)

(Source: versificar, via doistonsdeamor)

February 21, 2014 9:04 pm
"Por favor não me prometa o mundo, não quero tudo isso, eu só quero atenção. Quero que note o novo corte de cabelo ou a cor que quase imperceptivelmente mudou. Diga diariamente o quanto me ama, diga várias vezes e não só com a boca, use os olhos e seu coração, use a alma pra me falar do seu amor. Lembre-me diariamente que sabe e pode me fazer feliz, relembre-me dos nossos primeiros encontros e de como você adorava rir ao telefone. Lembre-me do quanto eu amava seu sorriso ao telefone. Lembre-me o porque de nossos beijos se completarem e não se esqueça de dizer o quanto quer que isso nunca mude. Às vezes eu não vou merecer isso, mas tenha paciência e só aumente o tom de voz quando precisar cantar nossa canção pra que eu perceba que ela ainda faz sentido. Quando eu não merecer seu beijo me beije assim mesmo e não diga nada, eu vou saber interpretar seu silêncio e vou querer corrigir meu erro. Não deixe que outro alguém me dê ombro quando o ombro que me pertence é o seu e não deixe que ninguém seja mais meu amigo que você, não quero ter segredos com outra pessoa, entende isso? Se não houver mais planos e de alguma forma perder a graça, me diga isso e diga se quer recuperá-la, diga antes que seja tarde e eu farei por ti ainda mais que o que faço, qualquer coisa, um sonho doido, o que quer que seja pra que a mágica não se perca. Esteja atento a mim, mostre-me isso, se mostre aqui. Estou ligada em tudo que te cerca e a única coisa que pode evitar que isso mude é que você faça o mesmo por mim. Me ame de volta, com toda a atenção e carinho que também lhe dedico, me ame por inteira e permita que eu possa te amar também. Me ame de verdade e convença-me, todos os dias, que não fará sentido algum amar outro alguém."

Chuck and Blair.   (via romantizar)

(Source: embriagar-se, via auroriar)

January 29, 2014 7:57 am

(Source: boasvibes, via c-collapse)